Sábado, 3 de Julho de 2004

E agora?

Apesar de toda a distância, ainda podíamos estar juntos. Todo o mundo que nos separava era reduzido, todos os dias. Naqueles momentos, tão nossos, tudo o que nos separava, tudo o que existia, desaparecia. E sobrávamos apenas nós, ficávamos juntos e partilhávamos os nossos mundos. E via a minha solidão povoada por ti, a melhor companhia, a minha nina linda...

E desta forma, esmagado pelo compromisso já marcado, não te consegui animar a continuares a lutar. O tempo fugia, escapava, e as tuas palavras batiam no relógio e ecoavam pela minha mente, por ter que ir embora e querer ficar. Duas mãos agarravam-me, despedaçavam-me...

E agora, sobro eu. Ainda oiço as tuas palavras, lavadas de lágrimas que não consigo parar. Porque hoje não ouves as minhas palavras, não posso sentir o teu olhar aconchegar-me e dar-me um pouco do teu calor e alegria.

Até tenho medo de perguntar... E agora?
publicado por zaitz3v às 21:46
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2004

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. A continuação...

. Perdido...

. Outro dia em baixo...

. Ontem...

. Um sorriso...

. Os sonhos...

. O meu caminho

. Porque o último adeus é s...

. O meu mundo

. Voltei!

.arquivos

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds