Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2004

Shadow... Pain and sorrow... Restless Beast...

Sozinho... Isolado... Essas eram as palavras que me descreviam em relação à sociedade. Não encontrava algum interesse em quem quer que fosse, por isso não tinha qualquer amigo. E assim fiquei, apenas eu e a minha sombra. Ao princípio ignorava-a. Apercebi-me que estava sempre comigo, e tornei-me amigo dela. Contava-lhe tudo o que me passava pela consciência. Era a única que evitava que eu enlouquecesse... Até que o dia em que respondeu...Uma voz horrível! Um grito que fez os meus ouvidos sangrarem! Ela chamava-me... Eu não queria ir... Dominado por um misto de dor e medo, fugi em busca de ajuda. Não encontrei nada, ninguém se lembrava sequer que eu existia... Todos aqueles com que alguma vez troquei palavras não se lembravam de mim... Sozinho, fugi na esperança que os meus passos me afastassem do meu tormento. Mas a sombra perseguia-me, como uma besta persegue a sua presa.Corri até não ter forças e cair no chão. Olhei em volta, vi que estava no meio de um cemitério. Uma imponente cripta erguia-se mesmo à minha frente. Olhei para a entrada e vi a minha sombra aparecer... Esperava-me, farta de seguir os meus movimentos tinha-se adiantado aos meus passos e montado a sua armadilha. E ali estava eu, tal como ela tinha planeado. Soltou mais um grito que despedaçou a minha consciência, apagou grande parte das minhas memórias, tudo aquilo que definia a minha condição humana...Depois da caçada, a sombra tinha a sua presa. Completamente exausto, não pude fazer nada para evitar o que aconteceu... Não sei bem como se passou, estava atordoado pelos intermináveis gritos da sombra... O único que me lembro é de ver o meu coração sair do peito e a sombra devorá-lo...Finalmente abandonou-me... Em plena luz do dia não tinha sombra. Aproximei-me de uma poça e a minha imagem não estava reflectida na água. Assustado, corri para um grupo de pessoas e gritei por ajuda. Ou me ignoravam ou não me ouviam, pois não tiveram qualquer reacção. Aproximei-me e os seus cães começaram a ladrar, completamente aterrorizados. Toquei-lhes no ombro e sentiram apenas um arrepio, nada mais... Eu podia passar através deles! Em que me tinha eu tornado?Descobri que apenas podia manusear objectos na ausência de pessoas. A minha solidão condenou-me a esta vida. Tenho medo de ser imortal, de o meu castigo ser eterno. Não durmo, não como, não bebo... Não vivo, mas estou cá. Com tanto tempo livre, existo agora numa biblioteca...Com o passar do tempo, adquiri vários conhecimentos sobre o processo que me tinha transformado. Finalmente, descobri notícias da minha sombra num livro esquecido... Tinha adquirido forma física, gastava o seu tempo alimentando-se de medo e ódio.. Passava a sua vida a queimar aldeias e matar todos aqueles que lhe opunham resistência. Tinha em si toda a raiva e ódio que eu tinha acumulado com o tempo, e agora nada a podia parar. Nada expecto eu.Por isso vos escrevo esta minha crónica. Amanhã irei partir para a minha última viagem, irei enfrentar a minha sombra. Sei que isso me custará a vida, mas estou farto dela. Vou-me sacrificar para matar a besta que criei. Para o confronto não conto com mais nada expecto a minha vontade de desaparecer e levar a sombra comigo. Finalmente, vou descansar...

PLZZZZZZ COMENTEM!!!! PLZZZZZ SEND ME A LIGHT!!!!
publicado por zaitz3v às 14:06
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Day a 27 de Agosto de 2010 às 20:44
Adoreii.Me prendeu na expectativa de saber no que resultaria,e ao contrário de muitos,surpreendente do começo ao fim.


De Shiana a 26 de Janeiro de 2004 às 09:37
I can't read much of your site, but it looks cool, and you seem to have a great list of music there too. Keep up the good work. ^_^


De gotika a 22 de Janeiro de 2004 às 08:32
Não há nada de mal com o teu blog. Apenas tens que escrever mais, mais, mais, e sempre. As pessoas estão a ler-te.


De Annabel Lee a 20 de Janeiro de 2004 às 17:17
Obrigada por me ajudar. ácho que a única forma é via e-mail ou através do proprio blog pode ser???


De Annabel Lee a 20 de Janeiro de 2004 às 10:39
Oi eu vi e achei o máximo o blog merdas góticas e a menina disse que você fez pra ela daí ela me deu seu blog pra eu te pedir uma ajuda no meu blog... por exemplo aquele fundo com luzinha. Please help me!!!


De Hugo a 20 de Janeiro de 2004 às 00:35
exelente, continua a postar trabalhos desta qualidade e não tarda nada estás a escrever livros, muito bom mesmo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2004

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. A continuação...

. Perdido...

. Outro dia em baixo...

. Ontem...

. Um sorriso...

. Os sonhos...

. O meu caminho

. Porque o último adeus é s...

. O meu mundo

. Voltei!

.arquivos

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds