Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2004

Promessa...

És a pessoa mais importante para mim. Tudo o que faço é por ti. És a minha razão de

viver. És tudo. Por ti tudo.



Sempre te disse isso. Espero que acredites, pois estou perdidamente apaixonado por

ti e estas são as mais sinceras palavras que te posso dizer. Tenho impressão que a

minha insegurança tem sabotado tudo. Mas agora que vi isso, vou corrigir.



Quero que saibas que a chama que em mim ardia por ti mudou. Existe agora um

incêndio incontrolável! Cada minuto que passo sem ti parece uma eternidade em que

este incêndio me consome. E é por isso que tomei esta decisão, talvez a mais

importante da minha vida.



Por ti irei mudar o mundo. Posso ser apenas uma gota neste imenso oceano, uma gota

mais pequena que qualquer das tuas lágrimas. Mas esta gota irá mudar toda uma maré,

só para estar mais próximo de ti. Por ti irei até ao fim do mundo, contra tudo e

contra todos, doa o que doer, doa a quem doer. E se o fim do mundo fica no Porto, é

até ao Porto que irei.



Até agora pensávamos no Verão como data em que nos iríamos encontrar. Mas quando me

apercebo do que sinto, vejo que este incêndio que em mim arde me terá totalmente

consumido por essa altura. A única maneira de o parar é encontrar-me contigo o mais

depressa possível.



Por isso fica aqui a promessa. Juro perante todos os leitores deste post que te

amo, e que em Fevereiro irei ao Porto passar um fim de semana inteiro contigo. A

decisão está tomada, não há retorno. Nem que para isso tenha que enfrentar o resto

do mundo, em Fevereiro irei ao Porto. Chegou o momento em que as palavras se tornam

inúteis. O verdadeiro valor de uma pessoa mede-se pelos seus actos e não pelas

suas intenções. Sinto que chegou a altura de passar à acção. Por isso, deixo aqui

uma mensagem para o mundo: EM FEVEREIRO VOU AO PORTO ESTAR COM A MINHA NINA, por

isso habituem-se à ideia! Nunca estive tão convicto de nada na vida como estou

agora. Nada nem ninguém me vai parar.



Não tenho mais nada a dizer. Apenas que amo a minha nina... Não consigo dizer o

quanto a amo, não existem palavras para o descrever. Fica a promessa que em breve a

vou olhar nos olhos e dizer o quanto a amo...
publicado por zaitz3v às 14:16
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Alien a 30 de Janeiro de 2004 às 18:07
Se dizes que não tinhas palavras para lhe dizer que a amas... bem aqui disseste tudo!
Boa sorte para os 2...
Não faltes à tua promessa... olha que eu estou a ver:))


De http://succubus.blogs.sapo.pt/ a 26 de Janeiro de 2004 às 20:54
linduh :D voces tao mm bem um po outro :) espero mm k consigas ir e voces os 2 vao ver k vai valer a pena tda esta espera akreditem no k vos digo :)
mts felicidades para os 2 :D ****


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2004

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. A continuação...

. Perdido...

. Outro dia em baixo...

. Ontem...

. Um sorriso...

. Os sonhos...

. O meu caminho

. Porque o último adeus é s...

. O meu mundo

. Voltei!

.arquivos

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds