Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2004

Confuso, indeciso, sozinho...

Rodeado de hipocrisia e infantilidade, não me consigo inserir neste mundo. Simplesmente não consigo rir com as pessoas que se riem de mim pelas costas, que se riem do meu miserável esforço de viver. Não consigo olhar para pessoas que não olham para elas próprias, tão concentradas em apontar o dedo aos outros que se esquecem que eles também existem!

Estava a pensar em sair do meu canto escuro e enfrentar esta sociedade, pensava que me iria aceitar como um filho pródigo. Mas não. Para isso teria que mergulhar numa hipocrisia imensa, teria que vender todos os meus ideais e toda minha personalidade, teria que morrer para poder viver com eles.

Confuso, sim... Vejo que estou só e quero mudar isso. Mas as alternativas são ainda mais repulsivas...

Indeciso... Não sei o que vou fazer, tenho medo de deixar de ser eu, tenho medo que a sociedade me molde como outra cópia estereotipada, tenho medo de vender a minha personalidade para comprar companhia...

Sozinho, como sempre. É o meu castigo, a minha punição. Estou condenado à solidão... Qual será o crime? Querer ser eu próprio? E quem me julgou? Como é que um tribunal ao qual eu não reconheço autoridade pode ter tanta influência sobre a minha vida? Quando acabará a pena? Estou farto desta prisão, quero sair... DEIXEM-ME SAIR!

Mas não vendido... Não, isso jamais! Antes a mais dolorosa e lenta morte, do que a hipocrisia! Estou mal, mas não irei mudar para pior!
publicado por zaitz3v às 20:48
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De margarida lopes a 12 de Fevereiro de 2004 às 23:29
pffff...vejo me nas tuas palavras...odeio a minha sociadade...a nossa...escreves mm muito bem...adorei...sei que nao escrvest isto pra gostarem da maneira como escrves...mas tinha d o dizer...dizem que o preto é o fase...estou a espera que ela termine...mas nao olho para as horas...porque s nao ja tinha desistido d viver...("mais longe havia dois relogios, nao era possivel viver com as horas a frente.era preciso pensar em destruir os pendulos.a direita, uma capela cheia de cadeiras vazias, era monstruoso já nao acreditar em deus".."a malcastrada" emma santos)******


De Filipa a 10 de Fevereiro de 2004 às 21:45
Não exijas demais de ti! Só tens que ser o melhor que conseguires ser, ou seja, tu mesmo, nada mais! Fazer esforço para agradar às pessoas desgasta, rouba energia e envelhece. São anos de vida que perdes tentando ser aquilo que não és! Força :) "Keep On Singing Your Song"


De Ana a 10 de Fevereiro de 2004 às 21:34
Olá! Consigo me ver completamente reflectida nas tuas palavras. Acontece o mesmo comigo. Quero que saibas que não és o único. Também me sinto completamente à parte. É um sentimento tão frustrante dentro de mim "Afinal de que vale ser honesto, verdadeiro, etc. numa sociedade como esta?" Nada mesmo! Hoje em dia ninguém liga a isso, é tudo muito superficial (há excepções). Às vezes também sinto que não há ninguém parecido comigo no mundo, isso assusta. Tens que te encontrar contigo próprio para poder assumir aquilo que és perante os outros. Algo que ainda está longe de acontecer comigo, mas hei-de conseguir! Tens que ter coragem e orgulho naquilo que és, porque és alguém muito especial, acredita! Não mudes, sê fiel a ti mesmo, isso é que vale! Não fujas à tua natureza! Nunca te sintas só, eu estou contigo! Continua!


De nightwitx a 9 de Fevereiro de 2004 às 20:58
Não sabes que é assim que a sociedade paga?
Tens duas saídas, ou a indiferença e tornas-t em mais um carneiro no imenso rebalho, ou lutas para manter a tua condição.
E tenho a dizer-t, geralmente a condição é estar sozinho no meio da multidão de carneiros.
Este mundo não perdende que haja personalidade mas sim obediência cega.
Cansa mas não desistas do teu ser!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2004

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. A continuação...

. Perdido...

. Outro dia em baixo...

. Ontem...

. Um sorriso...

. Os sonhos...

. O meu caminho

. Porque o último adeus é s...

. O meu mundo

. Voltei!

.arquivos

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds