Quarta-feira, 7 de Abril de 2004

Monstros...

Substituímos as canetas e papéis por teclados,
Escrevemos textos que não podem ser queimados,
Textos que as lágrimas não podem molhar,
Textos que não se podem amarrotar,
Nem sequer rasgar...

Nem a nossa caligrafia usamos!
Somos obrigados a usar as letras que todos usam...
Textos que deixam de ser humanos,
Sem qualquer marca de quem os escreve,
Sem riscos ou letras rasuradas,
Sem ideias abandonadas...

Em que monstros nos tornámos?

Não temos diários,
Algo que guardar para querer recordar,
Ou queimar para querer esquecer...
Temos mails, blogs, posts, comments!

Algo que amanhã não existirá,
Porque fartamos e apagamos...

Demorei cerca de uma hora a escrever estas palavras. Entretanto escrevi coisas que apaguei, por não conseguir ligar com o resto do texto. Podia ter enchido uma folha A4, com gatafunhos e rabiscos. Essa folha sim seria este texto. Isto... É apenas uma síntese do que eu quero dizer...

Assim como tudo o que aqui escrevo... São apenas sínteses, não têm marcas minhas, palavras riscadas, gatafunhos, riscos, rabiscos... Nada... Posso ter sido eu que os escrevi ou uma máquina, não há diferença nenhuma...

new-3.jpg

publicado por zaitz3v às 01:23
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Angel Sanctuary a 19 de Abril de 2004 às 20:57
Levantas umas questao interessante...será que os blogs não despersonalizam de certa forma a escrita que deveria ser um espelho do que somos??
não sei...escrevo tão bem no teclado como no papel. Acho que o sentimento é que conta, e esse sentimento sinto-o seja a teclar como a escrever no papel...da mesma forma que a caligrafia muda conforme o estado de espirito (também a os rabiscos, os rascunhos) também o ritmo em que bato nas teclas reflecte d certa forma o que sinto...só que isso depois não é transmitido a outras pessoas, da mesma forma kum livro publicado não virá em rascunho...
Claro que a caligrafia torna as coisas mto mais pessoais...e essa individualidade defendo-a vivamente...parabéns pelo blog***


De MissLadyMystery a 10 de Abril de 2004 às 01:20
Podem nao ter a nossa letra, podem ter letras iguais a muitos blogs, mas são sentimentos diferentes, formas de escrever diferentes, palavras diferentes. Se reparares não existe um unico blog que se confunda com outro, ou é as cores, ou o que dizemos, não ha maneira de confundirmos! talvez não vejas os rascunhos, mas se fosses ver algo escrito por mim, mesmo que tenha feito imensos rascunhos antes, também não os virias, porque eu teria passado a limpo!
Depois não vou perder o que escrevo, para isso basta imprimir, ou então guardar numa disquete, ha sempre maneiras! E maquinas são incapazes de escrever sentimentos!
Umbeijo doce


De helices da alma a 10 de Abril de 2004 às 00:46
Por muito que a sociedade actual tente desumanizar cada um de nós, é imperativo resistir e não deixarmo-nos que nos tomem a alma, que nos transformem em autistas, pois a alma é o bem mais precioso que alguém pode possuir!Através dela podemos conquistar universos, lembrem-se disto!Força sempre! Resistam!


De morro no altar de ti a 7 de Abril de 2004 às 23:22
odeio teclado...alias a internet faz me confusao..mas foi a uncia maneira de comunicar com o que me rodeia...de nao viver so neste ciclo vicoso que se tornou a minha vida... mas nao escrvo um so texto num teclado...nao posso fazer isso...nao faz sentido...escrvo tudo num caderno...e dpois passo a limpo... o unico problma que tenho com a net, é o facto de estar ligada a ela...quase viciada, ou talvez mais do que isso... nao aceito muito bem essa realidade mas sei que é verdade e que mais tarde ou mais cedo vai terminar tudo como a tv e o telemovel acabarei por dizer basta...sinto me estupida..e pronto, deixarei de escrver num blog de falar com pessoas, etc beijos. outra coisa o que escrves tem algo mais do que palavras...tem algo que vem de ti...e que fica marcado em cada silaba que escrves...por isso, nao e bem a mm coisa...=)nao te compares a seres sem vida...sem inteligencia, a seres que servem so para satisfazer as supostas necessidades que nao passam de luxurias do homem...


De D-enD a 7 de Abril de 2004 às 21:25
Que posso eu dizer.. que não que as tuas palavras estão certas. Mesmo os escritores hoje em dia já não deslizam a caneta sob o papel, mas os dedos sob as teclas frias de um teclado. Talvez por isso o lixo literário tem acumulado ao longo destes anos. Os blogs substituiram diários, os e-mails as cartas... se isso é bom ou mau, não sei. Onde está o refúgio de uma simples folha de papel onde tu imprimes a tua caligrafia, o teu cunho pessoal? * * * * Fica bem :)


De Nightwitx a 7 de Abril de 2004 às 16:12
Já nem eu tenho um diário.. tenho um cd com os mails q troquei com quem pensava que me amava. Acho que a única coisa que agora podemos ter é a nossa memória. Não falha com problemas de electricidade, não é formatada por engano.. problema é q já n temos provas q um dia até fomos felizes. Mas eu vou ter provas sempre da minha felicidade contigo meu nino kido. Nem q seja este blog.. Este blog q nos uniu para sempre :) amo-te mto meu nino kido. Já só faltam 4 dias :D


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2004

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. A continuação...

. Perdido...

. Outro dia em baixo...

. Ontem...

. Um sorriso...

. Os sonhos...

. O meu caminho

. Porque o último adeus é s...

. O meu mundo

. Voltei!

.arquivos

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds